sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

restingar


em restinga de paisagem
junto sedimentos mar
lampejou restinho de caatinga
em gargarejo de cacto-arvoredo
ser enchente pós-seca nos
poços salobres de areal fecundo

o ilógico em imagens
entrecortou a semântica

êa peraltice

ser sem palavra
só coisa
sem definição
ser sem significar

qual beleza oculta o verbo?

11/02/2012____cerca_de_13:00h_

2 comentários:

  1. Olá. Si ti interessa discussão poética, leia meu garranxo em http://wilvaccari.blogspot.com/2013/02/february-11.html

    ResponderExcluir